29 de mar de 2010

Obrigado meu grande amigo!

Hoje estou muito triste, pois além de perder meu chefinho que tanto adoro, perdi também meu GRANDE AMIGO, aquele que sempre ficou ali comigo ouvindo minhas besteiras, enxugando minhas lágrimas, ouvindo meu desabafo, me aguentando quando eu não queria ir trabalhar e ficava enrolando... Enfim, aquele que esteve sempre ao meu lado quando eu precisei...
Então, em homenagem a esse chefe mais que amigo, resolvi escrever um poema...



"Por estar sempre comigo seja no choro ou no riso;

Por dizer-me não somente o que quero ouvir, mas principalmente o que preciso!
Obrigado, amigo pelos ouvidos sempre disponíveis, mesmo quando só tenho besteiras pra dizer.
Obrigado pela mão amiga, pela cumplicidade e pela sua amizade tão sincera.
Descobri que quem tem um amigo fiel, tem um tesouro e eu reconheço que sua amizade é um presente e isso nunca vai mudar.
Obrigado por estar sempre disposto a me tirar das minhas confusões e por ter se tornado o primeiro nome que me vem a mente quando preciso de socorro! Tu és mesmo, meu grande amigo!
Gosto muito da sua maneira de me animar, mesmo sem muitas palavras... mas saiba que apenas seu tapinha nas costas já me renova.
Obrigado, por as vezes sair comigo só pra "jogar conversa fora". Gosto tanto disso!
Obrigado até mesmo pelas implicâncias, que me fazem refletir e saber que um amigo verdadeiro é aquele que nos diz as verdades que muita das vezes fingimos não conhecer.
Me Desculpe... deve ser mesmo muito difícil ser meu amigo! Mas você ainda está aqui, obrigado!
Eu vou agradecer a Deus pra sempre por ter achado em você um GRANDE IRMÃO!!!
Por ter feito de você o meu MELHOR AMIGO!!!"


Muito obrigada André, por tudo...
E saiba que você estará sempre na minha vida e aqui ó s2.

Nos vemos pelo caminho... Boa sorte...

Te adoro...


Nenhum comentário: