26 de set de 2009

CHEGA! Um Espetáculo sobre Medos Contemporâneos


Uma mulher contemplada com qualidades dadas pelos deuses. Ela possui vários dons, mas o que mais a identifica é a curiosidade. Esta característica inata a leva a abrir uma caixa de onde saem os males do mundo. A premissa é o ponto de partida do espetáculo Chega!”, produção do Núcleo de Artes Cênicas do SESI de Birigui. A peça será encenada nesta quinta-feira, dia 01/10, às 20 horas no teatro da entidade. Ultima apresentação em Birigui no dia 08/10. A entrada é franca.

Dirigida por Patrícia Teixeira Rodrigues, a montagem almeja refletir sobre o atual momento em que vivemos. Diariamente, somos bombardeados por notícias catastróficas e cenas deprimentes que nos fazem esquecer de nossos reais valores, inclusive em pequenos gestos e atitudes. Somente um processo de transformação de pensamento (Metanóia), levaria o ser humano a se autoconhecer, e passar a viver em equilíbrio. No decorrer da peça, abre-se um questionamento sobre a esperança, fator que desencadearia a tão necessária metanóia.


Reais valores e o efeito das escolhas na vida do ser humano fazem de Chega!” uma montagem que nos induz a pensar sobre os papéis que desempenhamos no mundo.

Para idealizar a montagem, o grupo pesquisou intensamente sobre o mito e suas variações e, dentre tantas vertentes constatadas, selecionou aquelas que mais se adaptavam ao assunto. O grupo debateu a maneira como tal mitologia incide na vida particular de cada um, questionando sobre medos contemporâneos.

O Teatro Popular do SESI de Birigui fica na Avenida José Agostinho Rossi, 620 – Parque Pinheiro.

25 de set de 2009

Preconceito...


Tava dando uma lidinha na web.. e encontrei este texto.. achei bem providencial. Várias vezes já senti na pele o preconceito. Não acho engraçado! Olhem aí:

De todas as formas de discriminação, a que ronda as mulheres gordas talvez seja a mais perversa. Atitudes racistas ou homofóbicas são publicamente condenáveis. Por outro lado, parece que não há nada de errado em fazer piadas de mau gosto sobre a aparência dessas pessoas. Diferente do negro e do gay, o gordo raramente é poupado de comentários sobre o fato de ter emagrecido ou não -como se isso fosse o equivalente a ter mudado a cor dos cabelos. O preconceito aparece em diversas situações. No caso da mulher, a gorda é 'simpática' ou, no máximo, 'tem um rosto bonito'. Se quiser andar na moda, tem que fazer roupa sob medida porque o GG não costuma freqüentar as araras dos bons estilistas. Se for disputar uma vaga de trabalho, precisa torcer para que nenhuma magra queira o mesmo posto. E, se resolver malhar na academia, vai ter que superar a incômoda sensação de que é o centro das atenções. Porque o mundo não perdoa quem está fora das medidas.

"A herança da tendência à obesidade não é diferente daquela que explica por que existem pessoas altas e outras de baixa estatura. Num mundo sedentário, com alimentos deliciosos ao alcance da mão, considerar a obesidade um problema de caráter é pura ignorância. Perder peso é empenhar-se numa batalha contra a biologia da espécie humana. Só os obstinados são capazes de vencê-la."

Drauzio Varella ('Folha de S.Paulo', em 2004)

PENSAMENTOS DE UMA GAROTA TRISTE !!!


Estou triste hoje. Estou triste há dias. Estou triste desde que percebi que alguns sonhos, alguns planos, simplesmente escorreram pelas minhas mãos como se fossem água. É doloroso ver as coisas que construímos se desmoronar como uma simples tempestade. Que hipocrisia a minha. Tempestade nunca é simples, sempre deixa estragos, ás vezes irrecuperáveis. As relações também são assim. Uma vez perdido o encanto, a magia, dificilmente se recupera. É como a confiança: quando se perde, nunca mais ela volta a ser a mesma. A gente sempre tem a ilusão de que tudo pode ser como era antes. Ah, doce ilusão! As coisas não funcionam assim, nem as pessoas. O tempo está passando e eu vejo que em vez de alicerces fortes, construí uma cabana, que pode desaparecer no primeiro vendaval. As coisas que sonhei, jamais vão se realizar. As pessoas que escolhi pra fazer parte da minha vida, pra dividir, pra somar, pra multiplicar, estão indo embora. Assim, como quem vai na esquina comprar algo e nunca mais volta. Essa sensação de perda, causa um vazio muito grande e uma angústia maior ainda. Acho que não sou uma boa perdedora, sofro demais quando não consigo as coisas que eu sonhara, que eu desejara e que eu lutara tanto para conseguir. Dói demais, ver alguém ir embora e, dói mais ainda qnd esse ide é pra sempre. Dói demais abrir mão de ser feliz. Mas ás vezes, a felicidade de um, não é a felicidade de outro. E se não entendermos isso estamos sendo egoístas. Só que o amor, aquele que dizemos ser incondicional, quer ver os outros felizes, mesmo que seja longe de nós. Mas é duro, não termos mais a presença, não termos mais o sorriso, o carinho, a palavra amiga, o beijo…é duro saber que um dia as coisas foram perfeitas e de repente, acaba tudo. Mas eu já sou uma garota bem crescidinha, sei que não dá pra se iludir com coisas que sabemos não ter mais concerto. Tentar, tentar e tentar, realmente não custa nada, talvez um sofrimentozinho a mais e só. Claro que não é só isso, o sofrimento é mais doloroso ainda, a gente sofre de novo e o q é pior pela mesma pessoa. Ás vezes, vale a pena, outras vezes é em vão. Como eu acho que é agora. Serão tentativas frustradas de deixar perfeito um vaso que se quebrou em pedacinhos. Podemos até ter a paciência de colar caco por caco, mas lá no fundo, temos a certeza de que jamais voltará a ser a mesma coisa. Pois a magia da perfeição, nunca será recuperada...

Aquele nó na garganta que me acompanha desde que meu coração se machucou, insiste em permanecer aqui, me angustiando cada vez mais. Mas eu vou parar por aqui ñ quero mais digitar, meus dedos já estão bem cansados, e minha mente... bem ela está cheia de pensamento de diversos tipos não consigo entendê-la agora, mão nesse momento !!! E meu coração está triste e acelerado parece um vulcão a ponto de uma grande erupção !!!

23 de set de 2009

Johnny Cash- Hurt


Eu chorei, e choro toda vez que vejo esse vídeo...



Você sabe o que é planejamento?

Um garoto de 12 anos entra num bordel arrastando um gato morto por um
barbante. Coloca uma nota de 50 no balcão e diz:


- Quero uma mulher!

A cafetina, olhando para ele, responde:

- Você não acha que é um pouco
jovem para isso?

Ele baixa uma segunda nota de 50 no balcão e repete:

- Quero uma mulher!

- Tá certo, - responde ela. Senta aí que vem uma dentro de meia hora.

Ele põe outra nota de 50:

- Agora! E ela tem que ter gonorréia!


A cafetina pergunta por que, mas ele saca mais uma nota de 50 e repete: -
Gonorréia!


Alguns minutos depois chega uma mulher..


Eles sobem a escada (ele arrastando o gato morto). No quarto ela faz seu trabalho... quando eles estão saindo, a cafetina
pergunta:

- Tudo bem, mas por que você queria alguém com gonorréia?

- Quando eu voltar para casa, vou transar com a babá, e quando o papai voltar para casa, ele vai levar a babá para casa dela e vai transar com ela. Quando ele voltar para casa, vai transar com a mamãe, e amanhã de
manhã, depois que o papai sair para o trabalho, a mamãe vai transar com o
leiteiro.... aquele filho da puta que atropelou meu gato!!!


ENTENDEU O QUE É PLANEJAMENTO?

É aquilo que fode com todo mundo para se atingir um objetivo.

Fotos Sensacionais...













21 de set de 2009

Voltando...

Depois de muitooo tempo sem aparecer por aui, eis que estou de volta...

Me desculpem meus leitores, mas é problemas técnicos me fizeram abandonar(temporariamente) este espaço.

Mas hoje estou de volta a rotina...

Espero que divirtam-se e comentem... Rsrsrsrs...